A Festa Continua, A Casa é Sua, Pode Entrar!


trem lotado

A GovernANTA mal retornou duzistaduzunidus, onde dentre outras coisas, pediu a eliminação da necessidade de vistos para a entrada de Brasileiros por lá, ou pelo menos em Miami, rezava o povo tupiniquim. Voltou de mãos limpas óbvio.

E por aqui o Senado Federal, mais especificamente a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional – CRE (bem que poderia ser CREU) do Senado aprovou nesta quinta 02/07/15 o projeto de autoria do senador Aloysio Nunes do PSDB-SP (guardem este nome, principalmente se você mora em SP), que institui a nova Lei de Migração, que vai substituir o Estatuto do Estrangeiro, em vigor desde 1980.

Tudo bem que a lei antiga poderia estar ultrapassada e ser da época da ditadura e tal. Maaaaaaas, como sempre há um maaaaaas na jogada. O novo projeto, além de mudar o termo “estrangeiro” para “migrante”, dentre outras coisas prevê que, pasmem:

Os migrantes, segundo o projeto, terão acesso igualitário e livre aos serviços, programas e benefícios sociais, bens públicos, educação, assistência jurídica integral pública, trabalho, moradia, serviço bancário e seguridade social.

É isso mesmo que vocês entenderam, o cabra vem sabe-se lá donde e vai ter direito a Bolsa Família, benefícios sociais e todo tipo de bolsa e cota que existe e ainda vai existir nessa… nesse país.

Aí pergunto, fui só eu ou mais alguém acha que estes caras comeram coco, beberam água de privada?

Deixo bem claro, nada contra os estrangeiros ou migrantes, nada contra a migração muito pelo contrário, mas vamos pensar: O país está quebrado, já não dá conta nem dos que já estão por aqui. A previdência social está quebrada, e agora querem meter mais gente lá?

Já imaginaram se uzistaduzunidus copiam isso e oferecem bolsa família para quem for pra lá? Eu já imaginei, o Brasil ficaria quase vazio.

E tem mais, o texto garante também aos migrantes o exercício profissional no Brasil. Por outro lado, o brasileiro que vai se formar em outros países do continente, isso porque não tem grana para pagar faculdade particular, tem que enfrentar uma verdadeira briga de foice para fazer valer aqui o seu diploma importado.

Lembro que embora pequena ainda existe esperança. O texto segue agora para apreciação da Câmara dos Deputados, caso não seja apresentado recurso para votação pelo plenário do Senado.

Embora, acho que o jeito mesmo é ficarmos cantando aquela música que tocava todo domingo no Silvio Santos:

Ritmo de festa que balança o coração…
Festa divertida, colorida de emoção…
Dia de alegria, então sorria e vem pra cá…
A festa continua, a casa é sua, pode entrar!

Hey! Hey! Hey! Hey! Hey!
Hey! Hey! Hey! Hey! Hey!

Ritmo, é ritmo de festa!
Ritmo, é ritmo de festa!
Ritmo, é ritmo de festa!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s