Será Que Vão Costurar A Boca do Sapo?


image

Na natureza o sapo tem poucos inimigos naturais e vive tranquilo comendo os insetos com sua língua grande. Assim também é com o Sapo Barbudo dos Nove Dedos, a espécie mais perigosa dos batráquios.

Mais felino que Nelson Rubens, ele adora dar conselhos, falar pelos outros, sempre se achando uma espécie de oráculo. Talvez um rei mídias que transforma em ouro tudo em que toca. Porém, na realidade, uma realidade que felizmente hoje a maioria das pessoas podem ver, o Sapo Barbudo não passa de um farsante, um canalha, talvez um dos maiores vilões que o cinema já fez, isso se no caso alguém tivesse coragem de filmar sua estória real.

Pois depois de tanto apelo popular, finalmente agora é oficial, suspeito de ter se beneficiado do petrolão para obter vantagens pessoais e para o PT, a Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal  autorização para ouvi-lo no inquérito que investiga políticos na operação Lava Jato.  A PF só não explicou o motivo de solicitar autorização ao STF, pois ele não tem mais foro privilegiado.

Entevistado em mais um de seus passeios, certamente financiado por suas “palestras” mágicas, o desavisado disse que ainda não havia sido informando e ainda tirou onda: ‘Não sei como explicar a vocês e não me comunicaram. É uma pena’, disse aos jornalistas.

Bem, tudo na vida tem que começar de algum lugar. Ao menos a humilhação de responder a polícia será feita. Vamos aguardar com esperanças as cenas dos próximos capítulos e torcer para que o Sapo Barbudo tenha que encarar o juiz Sergio Moro. Oremos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s