Toque De Mestre


Toque de Mestre

Este é um daqueles típicos filmes que é melhor ser assistido sem antes se ouvir falar nele e tão pouco conhecer sua sinopse, fazendo assim com que o seu desenrolar seja ainda mais eficaz.

Verdade que não se trata de uma obra prima de suspense e também é possível dizer que alguns eventos do seu final podem até ser questionados, mas é necessário admitir que o clima de suspense funciona, algo difícil de ser atingido quando a maior parte de um filme se passa no mesmo lugar. Outra qualidade rara atualmente e talvez um de seus maiores trunfos é o fato de não ser longo demais.

Nas atuações, Elijah Wood mesmo sendo um ator com uma expressão dramática limitada, não só não compromete, como até se desenvolve bem. Consequentemente o jogo de gato e rato entre o pianista e seu algós acaba sendo envolvente e estimulante.
Já a belíssima Kerry Bishé, uma atriz ainda promete pro futuro, aqui com pouco tempo em tela lhe cabe mesmo é esbanjar sua beleza incontestável.

Em resumo é possível dizer que a direção ou o roteiro poderiam ter organizado melhor algumas coisas, mas o final não deixa de ser marcante, seja pela revelação de um suspense ou pelo aparecimento de outro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s