O Homem De Classe – Escolhendo Ternos


Na segunda edição desta seção semanal voltada ao nosso público masculino interessando em se vestir bem para agradar as respectivas mulheres, mas sem abaitolamento claro, vamos falar de algo que parece simples, mas que trás resultados sensacionais.

Vamos mostrar o porque dos caras do cinema e da TV ficarem bem de terno e você não. Existem alguns detalhes que precisam ser percebidos antes de levar um terno pra casa. Então, vejamos os segredos sobre como escolher bem um terno.

Antes de mais nada é preciso ter paciência, neste ponto você terá que imitar as mulheres e ir as compras sem pressa, sinto muito, mas não tem jeito. Então escolha uma tarde de folga e não deixe ninguém te esperando, pois a menos que você seja um cara esbelto ou dê muita sorte, será necessário experimentar bastante. Se você não tem disponibilidade de tempo ou grana para procurar um alfaiate (nem sempre sai mais caro que comprar em lojas) e fazer sob medida, pode ir às lojas mesmo. O problema de comprar nas lojas é que as numerações de paletó e calça são casadas e gente comum, dificilmente não terá que variar os tamanhos.

Paletó – A primeira coisa que merece nossa atenção na hora de experimentar o paletó são os ombros. Este é o grande segredo, paletós largos demais criam sobras e dobras. Portanto, a menos que você jogue futebol americano ou queira parecer um personagem do He-Man (ou DragonBall para os mais novos), isso não é bom. Na parte de cima do ombro do paletó o tecido deve formar uma linha reta, sem lombadas, que significa o ajuste correto da peça. O paletó também precisa estar ajustado no resto do corpo.

Terno Ombros

Em resumo, se você pensa em comprar um paletó um numero maior que o seu para ter mais folga ou para não perder o terno facilmente, esqueça. Experimente cinquenta paletós, mas garanta comprar um que o ajuste do ombro e do corpo sejam perfeitos. Lembre que aí está 90% do truque para que você fique tão bem de terno quanto os caras do cinema. Somente se estiver muito difícil, lembre que você ainda pode levar à uma costureira para ajuste, mas não esqueça de consultar o vendedor, pois existem coisas que não podem ser ajustadas.

O paletó não pode cobrir o punho da camisa, além de ficar feio este é um sinal de que ele está grande demais. O tamanho ideal para ele é estar um pouco acima do punho, deixando aparecer meia polegada da manga da camisa. Quando estiver experimentando, teste com os braços para baixo. E o paletó deve apenas cobrir o zíper da sua calça, não mais que isso.
Terno Mangas
 Calça – A calça deve estar ajustada, esqueçam as calças largas, o que não significa que deva ser apertada, atrapalhando a respiração. O ajuste é fundamental para o uso do terno como um todo, então é importante que sua calça acompanhe o conjunto. Calças mais ajustadas são melhores para quem tem pernas finas.
 A calça precisa cobrir a meia quando o homem está de pé. Mas atenção, não devem arrastar no chão e também nada de deixar aquelas sobras e barrigas que o tecido forma por cima do sapato. Um bom truque, mas não tão necessário é experimentar a calça já com o sapato que será usado posteriormente.
Terno Calça
Coletes – Ternos completos possuem coletes, se você vai usar um colete, nenhum mistério apenas mantenha sempre o botão inferior desabotoado.
Observação importantíssima: Como já dissemos antes, os ternos comprados em loja normalmente tem numeração casada, a diferença de manequim do paletó para calça é de 6 números, ou seja, o paletó tam. 48, acompanha calça tam. 42. Caso, você pense em comprar os itens separadamente (muitas lojas não permitem) atenção para os detalhes do tecido e cor, garanta que os mesmos são exatamente iguais.
Cor – Foque nos mais comuns, azul marinho, cinza, bege e claro o preto, não compre outra cor enquanto não tiver ao menos um de cada um destes (lembrando que para quem não utiliza regularmente, dois ternos já está de muito bom tamanho). Cinza e bege caem bem para uso em período diurno, o azul marinho é uma espécie de coringa que pode ir bem em todos os eventos e horários. Já o preto, a exceção de velórios e enterros, deve ser usado apenas no período noturno e em eventos mais formais.
Tecidos – Gosto é algo muito pessoal, além disto, o tecido utilizado no terno deve proporcionar um conforto térmico adequado de acordo com o clima da região. Os comuns de achar são: Naturais (Linho e Lã Fria) e Sintéticos (Poliéster, Viscose, Microfibra) e cada um tem suas características especificas.
A Lã fria, é talvez o mais adequado, pois aquece no inverno e é fresca nos dias quentes. Além de ser confortável no contato com a pele, não brilha em excesso. Sem falar que amassa menos se comparada a outros tecidos. Assim, ao final do dia, o terno continua impecável. O problema mesmo é o preço mais salgado.
O Linho é uma ótima opção para regiões extremamente quentes, durante todo o ano. Mas este é mais difícil de encontrar nas lojas.
Poliéster, Viscose, Microfibra

São tecidos comumente usados na confecção de ternos e os preferidos das lojas, principalmente as não especializadas em ternos. Eles tem um look artificial e além de não ajudar a refrescar no calor, no frio oferecem um desempenho insatisfatório. A vantagem é que são tecidos bem mais em conta, então é uma opção aceitável dependendo da situação.

Botões – Hoje em dia o paletó de dois botões faz mais sucesso. Já o blazer de um botão é mais moderno, porém é indicado para silhuetas esbeltas. Se você é um cara “normal” ou seja, mais gordinho, melhor optar pelo três botões que chama menos atenção para a região do abdômen. OBS: O botão superior de um terno de dois botões (ou o botão do meio de um terno de três botões) preferencialmente deve ficar na faixa do umbigo ou acima dele. Ao experimentar, cheque se os botões fecham com naturalidade, sem forçar o tecido do paletó.
Fendas  – A fenda única na parte de trás é funciona melhor nos magros e em ternos de modelagem mais justa, já o costume de fenda dupla cai melhor no gordinhos.

Para finalizar, após checar todos os itens, vista o terno e faça de tudo com ele: sente, ande, abaixe, levante e até pule. Se você se sentir confortável e seguro, esse é o terno certo pra você. Na imagem abaixo tem um resumo de tudo que informamos até aqui, siga a risca e boa sorte.

 terno-perfeito

Anúncios

Um comentário sobre “O Homem De Classe – Escolhendo Ternos

  1. Achei muito interessante.quanto a combinação de gravatas …qual é a orientação? Tamanho…largura…cores…com que cor de gravata eu vou com as camisas e ternos diversos? Enfim….qual a seguir? O que combina com o que?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s