O Regresso


o-regresso

Sinopse:

Em uma expedição pelo desconhecido deserto americano, o lendário explorador Hugh Glass é brutalmente atacado por um urso e deixado como morto pelos membros de sua própria equipe de caça. Em uma luta para sobreviver, Glass resiste à dor inimaginável, bem como à traição de seu confidente, John Fitzgerald. Guiado pela força de vontade e pelo amor de sua família, Glass deve navegar um inverno brutal em uma incessante busca por sobrevivência e redenção.

Comentário:

O Regresso é uma dramatização baseada na história real de Hugh Glass, um homem cuja jornada real, segundo registros, é até mais extraordinária do que o mostrado no filme. Muito embora o longa tenha usado de artifícios para tentar aumentar a carga dramática do personagem. Vale a pena uma pesquisa sobre o verdadeiro Glass.

As atuações de Leonardo DiCaprio e Tom Hardy são de altíssimo nível. E o fato do primeiro, por razões físicas, não possuir muitas falas, fez com que o ator tivesse que usar todo o seu arsenal de expressões faciais. Algo que ao contrário do que muitos pensam, não é nada simples e foi extremamente bem feito. Já Hardy ajudado pela aura dos grandes vilões, conseguiu talvez sua melhor atuação da carreira. Já aqueles que assistiram seu trabalho no último filme do Batman de Nolan, fica impossível não lembrar de Bane ao ouvir a inconfundível voz do ator, voz que inclusive parece ser forjada para interpretar antagonistas.

A direção é também um dos pontos altos do filme, com destaque para a excelente e sempre bem encaixada alternância entre planos abertos e closes que servem também para destacar ainda mais a comparação sobre o quão são pequenos os homens diante do mundo a sua volta.

O desenvolvimento lento, usado para aumentar a carga dramática da trama e fazer o espectador sentir na pele o sofrimento de Glass deve chatear muitos, principalmente os mais impacientes. Mas nada que seja intragável, ainda mais enquanto a direção de arte nos brinda com o melhor do filme. Pois, em primeiro plano mesmo fica a maior marca deixada pelo longa que é sem dúvida alguma a fotografia, marcada por cenários belíssimos do Oeste Selvagem que remete a outros filmes com o mesmo cenário, como os ótimos O Último Dos Moicanos e Dança Com Lobos. Quiça fizessem mais filmes que conseguissem explorar tão bem os belíssimos cenários que a natureza tem a nos oferecer.

Em suma, o filme é algo especificamente moldado para ganhar prêmios, deve ser visto apenas uma vez pela maioria, mas certamente estará guardado na estante daqueles que apreciam o cinema de qualidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s