O Sinal – Frequência do Medo


Sinal

Sinopse:

Três amigos estão em uma viagem pelo sudoeste americano a procura de um gênio da computação, que conseguiu invadir os computadores do MIT e expôr uma série de falhas de segurança. Eles acabam indo parar em uma área isolada, onde, de repente, tudo fica escuro. Quando Nic enfim desperta, logo percebe que está em meio a um pesadelo.

Comentário:

O filme é uma ficção cientifica interessante, que inclusive explora diversas nuances diferentes deste tipo de filme. Seu maior mérito é conseguir prender a atenção do público e o interesse em desvendar o mistério proposto.

Com um inicio interessante, incomoda o fato do filme mudar de direção diversas vezes até decidir efetivamente qual rumo tomar. No fundo fica a impressão de que tudo não passava de uma mera tentativa de ludibriar o espectador.

Nas atuações o destaque vai para Brenton Thwaites, o jovem australiano visto por muitos como alguém com futuro no cinema, vai bem mesmo considerando a diversidade de situações pelas quais seu personagem passa.

Por alguns momentos arrastado e com um roteiro confuso, apesar de apresentar boas ideias, o filme deixa a impressão de que poderia ter sido melhor se mantivesse o rumo que a estória tomava até sua metade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s