O Homem Que Desafiou O Diabo

image

 

 

 

 

 

 

 

Sempre é bom assitir o folclore nordestino em ação e nesta homenagem a literatura de cordel é impossivel não dar algumas risadas, mesmo pra quem não se empolga muito com comédias (meu caso). A agilidade das rimas combinada com as situações inusitadas trazidas pelo filme divertem e fazem com que o filme passe tão rápido quanto um passe de mágica.

Marcos Palmeira está extremamente a vontade e se encaixa perfeitamente ao personagem. Também é bom ver Leandro Firmino na tela, assim como a Fernanda Paes Leme no auge da forma física.

Pelo clima do filme fica até desnecessário analisar critérios técnicos, e a única coisa que talvez incomode um pouco a alguns, seja uma pequena sensação de faltou concluir algo no fim do filme. Mas isso também já é característico da literatura de cordel e nada que diminua o filme. Na verdade no fim da mesmo é vontade de continuar assistindo mais algumas aventuras do cabra.

E antes que me esqueça: grude não, grude não.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s