Arquivo da categoria: Futebol

CBF E Seleção, Precisam De Inimigos ?

image

Parece que a CBF escalou mesmo o estagiário para hospedar a seleção brasileira lá no Chile. Escolheram um hotel localizado logo na Av. Alemanha. Tudo bem, nada ficar preso no passado e lembrando do vexame dado em casa na Copa do Mundo de 2014.

Os sete gols tomados, resultado de jogo de várzea, diga-se de passagem, deve ser deixado no passado se possível. Mas convenhamos que dar munição grátis para os famosos memes da Internet é no mínimo falta de    massa cinzenta. O que não deveria faltar na instituição que tem muita habilidade na hora de criar seus esquemas para embolsar o dinheiro que deveria ser investido para melhorar e alavancar o esporte no país.

Anúncios

Filho de Valcke “Trabalha” Para CBF

Valcke

Impressionante como cada enxadada é uma minhoca. Incrível que quanto mais se cavuca, mais esterco brota.

Pois, não é que descobriram que o filho daquele tal de seu Jerônimo que dentre outras coisas disse que o Brasil deveria receber um “chute no traseiro” é consultor contratado da CBF. O bonitão foi contratado logo depois da Copa 2014, após sua demissão da FIFA diga-se de passagem, e ganha 10 contos por mês para prestar consultoria na área de marketing, é mole ?

E fora que o cabra deve desenvolver um trabalho importantíssimo, olha o que o próprio chefe fala dele:

“Ele foi contratado em setembro do ano passado. Está nos ajudando muito aqui. O trabalho dele é muito bom. Ele tem visitado arenas pelo Brasil, coisa que ele conhece bem, já fomos em várias e está também trabalhando em cima do Regulamento Geral de Marketing, que está sendo elaborado”, disse Gilberto Ratto, diretor da CBF.

O Fantasma Da Libertadores

Drone River

Boca e River tem talvez a maior rivalidade da América Latina no quando se fala em futebol. E já era de se esperar que o evento de ontem fosse cheio de emoções. Chamo de evento porque trata-se de algo além das quatro linhas do campo, e que inicia bem antes e termina bem depois do apito.

E realmente o inicio da festa foi incrível, a visão aérea do estádio, era tão encantadora quanto assustadora. Cânticos, sinalizadores e gritos da torcida, a conhecida mistura que deixava claro o já conhecido clima de Libertadores. Clima este muito diferente da badalada Champions League, esta por vezes idolatrada ao extremo.

Infelizmente, mesmo antes de iniciar a partida, os integrantes do banco de reservas do River já eram obrigados a andar sob a proteção dos escudos da polícia.

Depois de um primeiro tempo de muitas faltas e poucas chances de gol, vem o intervalo. Intervalo que só acabaria com a suspensão do jogo.

Na volta do River Plate ao campo é lançado o gás de pimenta no túnel e a confusão se instala. Como se já não bastasse aparece ele, um pássaro ? um avião ? o Superman ? não. O fantasma do rebaixamento.

Com a letra B à mostra, clara alusão ao rebaixamento do River no campeonato Argentino ocorrido em 2011, era ao mesmo tempo engraçado e surpreendente. Engraçado pela própria situação e surpreendente pois não entra na cabeça deste interlocutor como a policia permitiu que alguém entrasse despercebido portando este equipamento. A conclusão mais óbvia é que tenha sido trazido em alguma mochila não revistada.

Mais uma vez a Libertadores entra para história. E mais uma vez devido a um fato lamentável, o fantasma do River se transforma no fantasma da Libertadores, mas esta parece ser a única forma de competir na mídia com a Champions. É a competição que marca pelo marketing e organização contra a outra onde tudo pode acontecer.

Agora, duas coisas temos certeza por experiência: Ninguém na Europa sabe zoar os adversários como os Sulamericamos. E  a COMMEBOL nunca pune com rigor os clubes que atuam em suas competições. A segunda ainda pode ser alterada, vamos aguardar o pronunciamento da entidade nos próximos dias.

Hermano X Hermano

boca

Prá nós, acostumados a sofrer com a malícia e golpes baixos dos hermanos em jogos da Libertadores e das seleções, é até divertido, mas a coisa foi muito trágica e beirou a insanidade.

O Clássico entre Boca Juniors e River Plate, válido pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América , teve cenas extremamente lamentáveis e foi suspenso, nesta quinta-feira, em Buenos Aires. Os jogadores do River Plate foram atingidos por spray de pimenta que teriam sido lançados pela torcida rival, a única presente no estádio. Isso fez com que a partida ficasse interrompida por cerca de uma hora e 20 minutos, até que o juiz enfim determinou a suspensão. O placar apontava 0 a 0 antes de tudo acontecer, mas ainda não há definição se esse resultado será mantido.

A Conmebol deve ser pronunciar oficialmente sobre os incidentes e o futuro do confronto entre os rivais argentinos nesta sexta. Enquanto o jogo esteve interrompido, chamou atenção a cena de um drone, que sobrevoou o local com um “fantasma da Série B”, ironizando o rebaixamento do River em 2011.